Blog dedicado a Alejandro Jodorowsky com traduções de seus textos.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Pedras do caminho 61-65

61.
Sonhando em ser farol
cavo para enterrar-te
debaixo de minha sombra

62.
Nuvens que o vento leva
viram morrer tanta gente
Hoje é o último dia
de minha futura vida

63.
Como neve
em um vaso de prata
se dissolve o que lhe havia dito

64.
Ainda que já não vivas
voltarei
em busca de tua ausência

65.
Nunca estive sozinho
Simplesmente
porque nunca estive